PT

La Casa de Papel: Coreia - Preparados para um novo assalto?

Spoilers

  Mesmo após o final (polêmico? Emocionante? Detestado, amado?) tão aguardado de “La Casa de Papel” (2017) em 2021, um dos maiores sucessos do Netflix, os fãs já sabiam que suas máscaras bigodudas e macacões vermelhos só descansariam no armário por pouco tempo, talvez o suficiente pra recuperar o fôlego e acalmar as emoções.

  Isso porque além da notícia de que o figuraça Berlim (Pedro Alonso), personagem que ressuscita mais do que Jesus Cristo, não falhou neste ofício e ganhou um spin-off todo dele, programado para 2023- quem estava muito ligado já sabia da produção de “La Casa de Papel: Coreia”.

  A notícia do remake coreano da série espanhola veio em dezembro de 2020, e a série já estreia amanhã (24), no Netflix, prometendo ser um furacão de emoções, no mínimo, interessante.

 

  Prometendo manter algumas tradições importantes, como os macacões vermelhos e máscaras, e até alguns personagens, claro que a produção também traz sua própria pegada à história. Sim, teremos um bando de criminosos com habilidades peculiares, um banco, tiro, p*rrada, bombas, e até um Professor. 

Porém, considerando o que aprendemos sobre produções coreanas recentemente em séries como “All of Us Are Dead” (2022) e “Round 6” (2021), há que se dizer que esse tempero coreano que vem por aí não deve ser fraco, não. O trailer oficial diz bastante, mas afinal, o que mais sabemos e/ ou podemos desse remake tipo ~menu fusion?

 

→ Trama

A série conta a história do assalto de um bando de criminosos com habilidades particulares (dãã) a um dos maiores bancos da península coreana. Vamos acompanhar tudo desde o recrutamento do bando por parte de um gênio do crime, o Professor, até a criação do plano e a execução do assalto. 

Contudo, as personalidades muito diferentes de cada membro causam conflitos no bando, e, no dia D, uma série de imprevistos obriga os bandidos a tomar várias atitudes desesperadas para que as coisas voltem para os trilhos e eles saiam de lá milionários- e inteiros.

  Além disso, a história se passa em um contexto fictício de reunificação econômica entre Coreia do Sul e do Norte, e o plano da vez é, justamente, roubar a nova moeda.

 

→ Personagens

“São os mesmos nomes, porém personalidades diferentes na adaptação dos personagens,” revelou a atriz Jun Jong Seo, a nova Tóquio, “os [assaltantes] são os personagens principais, mas há uma humanidade inevitável na série.”

  Continua uma mistura da boa, então confira abaixo o vídeo oficial de apresentação a nova trupe para já anotar quem é quem:

 

Prontos ou não, lá vamos nós- curiosos para descobrir se o crime paga na Coreia?

0
0
Mais recentes
Mais populares

Sem comentários ainda,

faça o primeiro!